O QUE HOUVE COM AS PESSOAS?

       Vejo uma vida ser perdida estupidamente por causa da política. E me pergunto: o que houve com as pessoas? Por que estão com tanta raiva uma das outras?

         Sei que parte dessa culpa é de Bolsonaro. Afinal, o dirigente máximo do país que diz que a oposição tem de ser metralhada(veja o vídeo no youtube) é um péssimo exemplo, mas será que as pessoas não percebem que estão sendo usadas, que um verdadeiro líder jamais diria uma loucura dessas, que o presidente é totalmente desequilibrado? Vejo pessoas que eu julgava inteligentes, acreditando em qualquer fake news, desde que o Partido Comunista Chinês vai dominar o Brasil até que Chico Buarque não compõe as próprias músicas, mas sim as compra. Seria de rir se não fosse de chorar. Será que as pessoas não veem o quanto essas mentiras são absurdas? Perderam a inteligência ou nunca foram inteligentes?

          Toda vez que a gente entra na vibração de uma pessoa ruim, que só quer brigar, que não tem paz de espírito, que não está bem consigo própria e por isso tem ódio do mundo, a gente acaba se contaminando. Isso vale para pessoas próximas e no ambiente de trabalho, por que não deveria valer também para a política?

          E de que maneira vamos recuperar o Brasil dessa doença?

         Não sei. Talvez começando a questionar cada post que lemos, cada mensagem que recebemos, e questionar as pessoas que as mandam. Mostrar a elas, com educação, o quão absurdas são essas mentiras. Mostrar que elas estão sendo enganadas, usadas, manipuladas. E, principalmente, mostrar a agressividade de seu post.

         E se não lhe ouvirem? Então se afaste, dê de ombros, não responda se o nível do diálogo foi perdido. Não dê munição a quem não tem mais qualquer filtro, que perdeu o bom-senso, que só tem ódio a oferecer.

        Fique bem! Continue acreditando que ninguém precisa pensar igual, que a diversidade de ideias é que faz o mundo progredir. Mas, não se esqueça nunca de que racismo, homofobia, agressões verbais ou físicas a quem pensa diferente, são crimes sim, mas também mostram o mau-caráter de alguém.  Tenha empatia pelas pessoas que merecem e lembre-se de que tudo se resume a gostar de si próprio para gostar do outro.

         O resto é...resto!

SP 11.07.22